Dia Nacional da Conscientização sobre Zumbido

Ótimo post retirado na integra do blog Crônicas da Surdez ,escrito por Paula Pfeifer, sobre o Dia Nacional de Conscientização sobre Zumbido.

Eu tinha uns cinco anos de idade quando reclamei do meu zumbido pela primeira vez. Lembro que dizia, braba: “Mãe, tem um apito no meu ouvido“. Nunca tratei o mesmo e confesso que convivo com ele numa boa – em alguns dias, parece uma TV fora do ar, em outros, parece que estou passando de carro dentro de um túnel. Ele sempre me surpreende! Rsrsrsrs! Tenho zumbido (ou tinnutus) desde criança, nos dois ouvidos, 24 horas por dia. O maldito jamais me deu folga ou sossego. Falando sério, zumbido é capaz de enlouquecer uma pessoa que está recém começando a conviver com ele. Desconheço os tratamentos, mas sei que eles existem. Por isso, é com prazer que divulgo aqui o release que recebi sobre o Dia Nacional de Conscientização sobre Zumbido, que será amanhã, dia 11/11.

“Novembro Laranja é a Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido, organizada pela APIDIZ (Associação de Pesquisa Interdiciplinar e Divulgação do Zumbido) e pelo Instituto Ganz Sanchez (primeiro centro latino americano totalmente especializado em zumbido). A inspiração veio da Campanha de Prevenção ao Câncer de Mama (“Outubro Rosa”).

Desde 2006 a data escolhida para ser reconhecida como o Dia Nacional de Conscientização sobre Zumbido foi 11/11. Logo após o Dia Nacional de Combate à Surdez, pois o zumbido pode ser um alerta para identificar e tratar quem pode vir a sofrer perda auditiva.

campanha nacional de alerta ao zumbido - novembro laranja

Durante todo o mês de novembro, divulgaremos:

 

O que é o zumbido?

É um som (apito, chiado, cigarra etc.) que parece ecoar no próprio ouvido ou na cabeça da pessoa, especialmente no silêncio. Algumas pessoas só o ouvem se prestarem atenção; outras o percebem o dia todo.

 

O que pode causar o zumbido?

O Zumbido é um “sinal de alerta”: em adultos e idosos, geralmente é consequência de alguma perda auditiva (mesmo que pequena). Nas crianças e adolescentes, ele vem antes da perda de audição. Várias causas de zumbido já são conhecidas (algumas até são fáceis de tratar) e uma única pessoa pode ter várias causas associadas.

Dra Tanit Ganz Sanchez

Como prevenir o Zumbido?

Durante o Novembro Laranja, queremos divulgar algumas maneiras simples de prevenção como:

– Evitar a exposição ao som alto por longos períodos. Alguns exemplos comuns são as baladas, fones de ouvido, trios elétricos, rojões e apitos.

– Alimentação: Os erros alimentares mais comuns são jejum prolongado, abuso de cafeína, de doces e gorduras.

 

Existe tratamento para o zumbido?

Sim, vários! Alguns são simples, outros sofisticados. Crianças e adolescentes devem ser tratados diferente dos adultos e idosos. Informe-se com seu médico otorrino de confiança! Acesse também as palestras gratuitas do GANZ (Grupo de Apoio Nacional a Pessoas com Zumbido, no link (twitcasting.tv/zumbidonoouvido) e informações úteis em www.tvzumbido.com.br,www.apidiz.org.br e www.institutoganzsanchez.com.br.

Lembre-Se! Se alguém lhe disser “não há nada para fazer” ou “aprenda a conviver com isso” ou “nenhum zumbido tem cura”, siga em frente na sua busca! É necessário investigar corretamente as causas; Tratar precocemente pode fazer toda a diferença. Cuide de seus ouvidos, eles são fundamentais para a qualidade de vida!”

Na foto acima, Dra. Tanit Ganz Sanchez, médica brasileira especialista em zumbido, do Instituto Ganz Sanchez.

1 Comments to “Dia Nacional da Conscientização sobre Zumbido”

  1. Gilmar Ghidorsi disse:

    Gostaria de parabenizar a Dra. Tanit pelas valorosas informações que nos passa a respeito do zumbido, fazendo com que não percamos as esperanças da cura ou melhora deste problema que acomete muitas pessoas.

Deixe um Comentário

Mensagem