O que é o Zumbido, suas causas, efeitos e tratamentos

O que é, e o que você pode fazer para tratá-lo

Zumbido é um termo médico para a sensação de ouvir som em seus ouvidos quando nenhum som externo está presente. Na maioria dos casos, o zumbido é um barulho subjetivo, ou seja, só o paciente pode ouvi-lo. Normalmente, os pacientes descrevem o som como ” zumbido nos ouvidos”, embora outros o descrevam como assobio, murmúrio e rugido.

Também pode ser definido como toda a percepção de som na ausência de um estímulo sonoro correspondente no ambiente a sua volta, traduzindo, é um som que se percebe no ouvido ou na sua cabeça, mas que não esta sendo gerado no ambiente naquele momento.

Leia Mais: Lista de músicos famosos com problemas de audição

Zumbido no Brasil

No Brasil estima-se que cerca de 28 milhões de brasileiros sofrem de zumbido, uma condição conhecida em inglês como “tinnitus”. Segundo a OMS (Organização Mundias da Saúde) no mundo são cerca de 278 milhões de pessoas com esse problema. Destes 2% tem sintomas graves e de 0,5% a 1% tem prejuízos importantes nas atividades diárias.

Apesar do nome, sabe-se que pouco se lembra “zzzzzzzzzzz”, como um enxame de abelhas. Alguns pacientes comparam com um barulho de cigarra, apito, concha, panela de pressão, chiado, cachoeira. Pode ser continuo ou intermitente e ser mono ou politonal. Pode estar presente em um ou nos dois ouvidos. A sensação pode ser de estar dentro da cabeça.

Leia Mais: Dia Nacional da Conscientização sobre Zumbido

Você sabia?

  • Cerca de 50 milhões de adultos sofrem com zumbido (1 em 5)
  • O Zumbido é a deficiência n° 1 em veteranos militares
  • O Zumbido pode ocorrer em qualquer idade, e pode começar de repente ou progredir gradualmente
  • As causas mais comuns de zumbido são:
    • A exposição ao ruído (por exemplo,  de caça ou de máquina de trabalho)
    • Envelhecimento
    • Ferimento na cabeça
    • Efeito colateral de medicamentos

Causas do Zumbido

Muitas doenças podem causar o zumbido e o paciente pode apresentar um ou mais sintomas. Excesso de cera, infecções, lesões do ouvido, perda auditiva induzida por ruído também são possíveis causas do problema, entretanto diversos outros fatores que parecem não ter nada a ver com o sistema auditivo podem dar origem a esse sintoma. Curiosamente, mesmo quando não há doenças graves, o zumbido pode prejudicar a qualidade de vida do individuo e seus familiares. Independente da causa é imprescindível consultar um otorrinolaringologista.

A impressão de que o zumbido atinge mais os idosos é falsa, mas tem uma explicação: cerca de 90% dos casos têm como causa principal a Perda Auditiva. Como esse problema atinge mais a terceira idade, ha mais ocorrências de zumbido nessa faixa etária.

Portanto o zumbido não faz ninguém perder a audição e costuma se consequência desta. O som incomodo, entretanto pode aparecer em qualquer idade, em pessoas com audição normal ou não.

Leia Mais: Incidência de zumbido entre Jovens

Os efeitos do Zumbido são reais

Como é subjetivo, o zumbido afeta as pessoas de diferentes maneiras. Para alguns, é um aborrecimento pequeno, que pode ser tratado com facilidade. Para outros, pode resultar em problemas mais graves como:

  • Interrupção do sono a longo prazo;
  • Alterações na capacidade cognitiva;
  • Incapacidade de se concentrar ( por exemplo, execução de tarefas ou leitura);
  • Estresse no relacionamento;
  • Ansiedade e depressão;
  • Desafios no emprego.

Tratamento do Zumbido

Embora não exista cura conhecida para o zumbido, nenhuma cirurgia ou medicamento comprovado para acabar com o zumbido em qualquer estudo clínico aceito,  de acordo com a Associação Americana de Zumbido, existem maneiras de obter alívio do zumbido, incluindo aconselhamento e terapia do som. Recomenda-se que qualquer pessoa com zumbido deve consultar um médico especialista em ouvido, nariz e garganta (otorrinolaringologista) com experiência no tratamento de zumbido. Encontra um profissional em sua cidade no site da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia.

Opções de Tratamento

  •                 Correção de vicios e hábitos alimentares
  •                 Uso de aparelho auditivo, quando existe a perda auditiva associada
  •                 Terapia comportamental para o re-treinamento das vias auditivas (TRT: Tinnitus Retraining Therapy)
  •                 Medicamentos

Sete causas do Zumbido e Dicas para evitar o problema

Os aparelhos auditivos podem ser uma parte efetiva em qualquer terapia de som

A terapia do som pode ser eficaz no tratamento do zumbido, pois pode tornar o zumbido menos perceptível ou mascará-lo. Os aparelhos auditivos podem ser considerados como um componente critico em um programa de terapia de som.

Ligação entre Zumbido e Perda Auditiva

A ligação entre o zumbido e perda auditiva facilita bastante o tratamento. Nesses casos, para a maioria dos pacientes, o uso de aparelho auditivo é suficiente para acabar com os dois problemas. Quando o problema não decorre de perda auditiva, tenta-se identificar a causa. Essa é uma das partes mais difíceis do tratamento, já que tirando o zumbido, o problema original pode ser totalmente assintomático.

Embora a maioria dos aparelhos auditivos possa aliviar os zumbidos, alguns aparelhos auditivos têm uma tecnologia integrada especificamente para o alívio desse incômodo. trabalhe com seu médico para ver qual é a opção certa para você.

 

* Referências

Disciplina de Otorrinolaringologia da FMUSP

O TORMENTO DO ZUMBIDO – Drauzio Varella

Folheto sobre Zumbido – Starkey do Brasil / Nuear Aparelhos Auditivos

** Créditos da Imagem: G1 Bem Estar – Fone de ouvido deve ser usado com volume, no máximo, pela metade

Sem Comentários

Deixe um Comentário

Mensagem